PORTAL AZ AMERICA
Registre-se ou faça Login para ter acesso ilimitado

Atenção:

Conteúdos como Artigos sobre Receptores, Atualizações e Suporte somente para pessoas registradas...
PORTAL AZ AMERICA

ATUALIZAÇAO para receptor digital AZBOX E GERAL

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

MENU
l

Top30 Brasil - Vote neste site!
FÓRUM EXCLUSIVO PARA MEMBROS e CONTRIBUINTES
<
nos ajude clicar nós anuncio

TE AJUDAMOS? FAÇA UMA DOAÇÃO AO NOSSO SITE!



X


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Admin

avatar
Admin
Sites estão usando o Youtube para hospedar pornografia - 16/01/2017



O Google está se tornando involuntariamente o maior provedor de vídeos piratas do mundo. Apesar dos esforços da companhia em combater a postagem e a exibição de conteúdos protegidos por direitos autorais, uma brecha no YouTube está permitindo que sites de terceiros usem o serviço como uma plataforma de hospedagem de vídeos ilegais.






Já faz algum tempo que essa prática foi descoberta, mas, de acordo com o TorrentFreak, recentemente começaram a surgir sites de conteúdo adulto que também estão se aproveitando da estrutura do Google para hospedar seus vídeos de maneira mais “barata”.


[size=16][/size]


A brecha consiste em subir os vídeos no YouTube e configurá-los como “privado”. Dessa forma, o vídeo não fica disponível publicamente na plataforma, mas ainda pode ser acessado por qualquer pessoa por meio de um link gerado pelo próprio YouTube. Os vídeos são servidos diretamente pelo domínio googlevideo.com, o que dificulta a sua identificação pelo sistema de proteção de direitos autorais do site.


Segundo apurou o TorrentFreak, a identificação e a remoção desses vídeos pelo Google pode demorar até três semanas. O Relatório de Transparência da empresa também mostra que essa “técnica” tem sido bastante utilizada, com milhares de notificações de conteúdo irregular apontando para o domínio googlevideo.com. Os links geralmente possuem a marcação “source=youtube” ou “source=drive”, o que sugere que o Google Drive também tem sido utilizado para o mesmo fim.


Ao utilizar a infraestrutura do Google de maneira gratuita por meio do YouTube, os sites de streaming ilegal de vídeos provavelmente conseguem lucrar ainda mais. Em alguns casos, eles até exibem o “googlevideos.com” como uma das opções de fontes disponíveis. Procurada pelo TorrentFreak, o Google não se pronunciou sobre o caso.


FONTE : g1

Ver perfil do usuário http://isat.forumeiros.com


PORTAL AZ AMERICA PARCEIRO


..


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum